Celular é uma paixão nacional

marca-dagua
Polêmica propaganda da Nissan
3 de outubro de 2010
marca-dagua
Pós Graduação Mkt Digital – FIT/SP
9 de outubro de 2010
marca-dagua
Amigos.

Com 185 milhões de aparelhos ativos, e perspectiva de crescimento para 190 até o fim desse ano – vamos lembrar que o Natal está chegando – o brasileiro pode se considerar um povo apaixonado pelo aparelho.

Vindo para a agência hoje, passei na porta de um Cursinho e as 7h da manhã (rodízio é fogo…) pude perceber que 10 a cada 10 alunos que estavam na porta do Cursinho possuiam um celular em mãos, sendo que a maioria estava com fones nos ouvidos. Tinha um até jogando um game enquanto outro amigo, que segurava um celular, observava.

Tente sair de casa sem o aparelho e veja o quanto você também depende dele. Recentemente eu fui dar uma aula e ao sair de casa, em um sábado, na correria deixei o aparelho em casa. Confesso que passei a aula inteira preocupado com quem poderia me ligar.

Hoje, na newsletter do site Mobilepedia – que eu recomendo a assinatura – Marcelo Castelo Branco (editor do site) publicou uma pesquisa da consultoria GFK mostrando que o celular é o eletrônico mais importante para os brasileiros.

Segundo a pesquisa, os entrevistados deveriam dar uma nota de 1 a 10 sobre a importância do aparelho em suas vidas. A nota média foi de 8,67. Se fosse na escola o celular teria passado com nota 9!!!

Dos entrevistados, 87% disseram que possuem aparelho celular. Em seguida vem o DVD, com 80%, depois a câmera digital, com 49%.

O aparelho não é para nichos, bom, se 185 milhões de aparelhos estão ativos no Brasil – e entenda-se que não são 185 milhões de pessoas que possuem o aparelho – isso mostra que ele já é um produto de massa e pensando com a cabeça de um profissional de planejamento estratégico digital, o celular já uma mídia de massa e uma ferramenta importante no quesito relacionamento.

Lembrando que relacionamento na internet é muito importante para uma marca. Na web o que gera retorno (vendas, cadastros, acessos, engajamento, downloads) é o relacionamento que o usuário tem com aquela marca no ambiente digital.

Ainda apresentando dados da pesquisa, os jovens são os que mais possuem celular no Brasil, 90% dos entrevistados, com idades entre 18 e 24 anos, possuem o aparelho e 95% dos entrevistados, com idades entre 25 e 34 anos têm o eletrônico.

Após os 56 anos de idade, este índice cai bastante, 73% dos entrevistados desta faixa etária possuem celular. Em quase todos os itens analisados, há uma predominância do sexo masculino sobre o feminino e das classes A e B em comparação as C e D.

Cada vez mais, estamos vendo o crescimento do uso do celular para diversas modalidades. Uma pesquisa da PontoMobi mostra que apenas 15% das vezes que pegamos no aparelho é para fazer a sua função básica: ligações!

Esse ano, o crescimento da venda de Smartphones no Brasil passou dos 128% e é importante lembrar que ninguém compra um Smartphone porque o celular é mais bonito. As pessoas querem usar todas as funções do aparelho como foto, vídeo, games, aplicativos e claro, usar a Internet!

Sua marca ainda está fora do mobile? Porque?

Já está a venda o meu livro PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DIGITAL (Ed Brasport). Adquira já o seu!

A 2a turma da Pós-Graduação de Marketing Digital da Faculdade Impacta de Tecnologia já está com as matrículas abertas. Clique aqui e saiba como se diferenciar no mercado de trabalho!

Bom feriado!
Abraços
Felipe Morais
@plannerfelipe

Felipe Morais
Felipe Morais
Publicitário, apaixonado por planejamento digital. Começou a carreira, em 2001, atuando como redator publicitário, passando, em 2003 para a área de planejamento digital, onde atua até hoje, sendo reconhecido como um dos grandes nomes do mercado no Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *