Dica de Livro

marca-dagua
Pesquisa lista marcas mais lembradas por internauta brasileiro
14 de maio de 2008
marca-dagua
Dica da semana
16 de maio de 2008
marca-dagua

Amigos.

Esse post que escrevo hoje é para indicar um livro interessante aos publicitários interativos, assim como eu.
O site ADNEWS publicou um texto sobre o livro, escrito por Conrado Adolpho abordando o tema MARKETING DIGITAL. A promessa é ser um livro para o digital como Administração em Marketing de Philip Kotler é para o offline.

Google Marketing
O publicitário, consultor web e escritor Conrado Adolpho, diretor da Publiweb Marketing Digital, está lançando, pela editora Novatec, a segunda edição do maior livro de marketing digital do País, o Google Marketing. Diferentemente da primeira, que enfoca primordialmente o marketing de buscas, esta edição, além de maior e mais completa por tratar de vários assuntos relacionados ao mundo virtual, promete se tornar referência em marketing digital no Brasil.
Com quase quinhentas páginas, a obra, que é a única no País a falar diretamente sobre marketing digital, além de apresentar muitos dados e números atualizados sobre o mercado de internet no Brasil, traça também as características do novo consumidor, conceitos e cases de marketing viral, blogs e outras ferramentas, a partir de exemplos vindos de empresas do próprio Google, como o Orkut, You Tube e Google Maps. “O Google é a empresa que melhor entende os desejos do consumidor moderno. No Brasil, ele tem 89% de marketing share, ou seja, ele sabe o que a sociedade está buscando, em tempo real. Pelo fato de ter este conhecimento, é uma das empresas que mais cresce no mundo e já está construindo um império de organizações direcionadas para o marketing digital, que estão dominando o mercado”, conta Conrado.
Por ser o único livro sobre o tema, escrito por um brasileiro e que traz cases nacionais, a obra promete se tornar um guia definitivo. “Um livro que mostre estratégias de marketing digital que funcionem no Brasil era imprescindível no mercado. Nós, brasileiros, não podemos nos aprofundar na literatura estrangeira relacionada ao tema, pois vivemos em um país diferente, que tem sua própria cultura, visão de mercado, quantidade de usuários e interação destes com a tecnologia distinta. Como os cases citados e analisados no livro são todos do Brasil, a obra mostra exatamente o que funciona e o que não funciona aqui”, acrescenta o autor.
A obra está dividida em três partes principais. A primeira apresenta o novo consumidor e o novo mercado em que ele está inserido. Já a segunda traz informações completas sobre encontrabilidade, ou seja, as ferramentas como otimização de sites e campanhas de links patrocinados, utilizadas para que um determinado site seja facilmente localizado na internet por meio dos mecanismos de busca. Por último, Conrado delineia os novos caminhos do marketing digital no Brasil, em que analisa o marketing viral e a produção de blogs, dentre outras ferramentas.
“O papel da web está passando por uma grande modificação no mercado. Hoje em dia, a web é colaborativa, o que significa que não é apenas o proprietário do site responsável por seu conteúdo. Todos os usuários do mundo participam, colaboram. Estas são as premissas da web 2.0, que vem criando um novo modelo de consumidor, aquele que participa ativamente do processo”, explica Conrado. “O mundo precisa entender isso. As agências de publicidade e marketing precisam se atualizar e utilizar essas premissas para modernizarem suas campanhas, acrescentando a internet como meio de comunicação que mais cresce e se expande por todo o mundo”, afirma.
Ainda segundo o autor, os empresários também precisam entender melhor o fenômeno da internet, compreender a liberdade que ganham ao utilizar as ferramentas a seu favor. “As empresas não precisam mais ficar presas a suas campanhas publicitárias, elas podem criar campanhas on-line muito mais modernas e eficazes para atingir seu público no momento em que ele está interessado em ser atingido. Esta é a principal diferença”, conclui o especialista.

Abraços
Felipe Morais

Felipe Morais
Felipe Morais
Publicitário, apaixonado por planejamento digital. Começou a carreira, em 2001, atuando como redator publicitário, passando, em 2003 para a área de planejamento digital, onde atua até hoje, sendo reconhecido como um dos grandes nomes do mercado no Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *