Estamos vivendo uma mudança?

marca-dagua
Eclético. Esse é o novo consumidor?
1 de dezembro de 2014
marca-dagua
CONACX – 1º Congresso Nacional de Consumer Experience
9 de janeiro de 2015
marca-dagua
Amigos

Muitos podem achar que eu estou errado ou louco, mas como sempre digo, a grande graça da propaganda é que não tem uma única resposta, uma única certeza e nós, profissionais de planejamento, trabalhamos com percepção e provocação.
Hoje eu fiquei muito feliz com 2 marcas. Saraiva e Playboy. A Saraiva, uma parceira da 2ª edição do meu livro de Planejamento Estratégico Digital que vou lançar em Abril de 2015, a Playboy uma revista de conhecimento mundial e uma marca admirada. O que eles fizeram nas Redes Sociais nesse 23/12/2014 espero, do fundo do meu coração, que seja uma mudança no comportamento das marcas nas Redes Sociais.
Entendemos que nada e ninguém é perfeito, mesmo que o consumidor se coloque, em muitas vezes acima do bem e do mal, onde ele, nunca erra, nunca faz nada, mas as marcas sempre estão errando e querendo “ferrar a vida deles”! Há marcas que não ligam para o consumidor mesmo, acabam errando e não se importam com isso, o que faz o consumidor estar cada dia mais estressado com as compras, isso é ruim para o varejo como um todo.
Bem, o que eu adorei das marcas Saraiva e Playboy foi a reação contra os “revolucionários do Facebook” como gosto de chamar. São aquelas pessoas, e tem muitas, que aparentemente não tem muito o que fazer e precisam, urgentemente, dos 15 minutos de fama. Seu ego implora por isso. O Facebook abriu espaço para as pessoas falarem o que quiserem, claro, o perfil é seu e você escreve o que desejar, mas quem fala o que quer, pode ouvir o que não quer. As marcas, até então, tinham um certo medo de responder a altura, pois poderia virar o famoso “mimimi” das Redes Sociais, onde as pessoas agridem, a marca responde e depois se fazem de vítimas dizendo que a marca é isso ou aquilo.
Eu sempre sonhei com o dia em que as marcas iam responder e não veríamos mais vítimas, mas sim, consumidores conscientes e entendendo que algumas pessoas querem apenas os 15 minutos de fama e ao invés de ajudar na fama, criticam a atitude.

E hoje, finalmente, em menos de 5 minutos, vi 2 casos que me deixaram extremamente feliz. De um lado, um cidadão se achando “malandrão” porque lê livros de graça na Saraiva. Notando que a Saraiva não o enxerga como público, pois seu público tem outro perfil, o rapaz quis “tirar um sarro”da marca. Tomou a famosa “invertida” de forma honesta, engraçada e até elegante. Piada inteligente, aliás, é o que esperamos de uma marca como a Saraiva.

Do outro lado, uma das revistas mais famosas do mundo, a Playboy. Independente aqui se a circulação dela está caindo ou não – como todas as revistas e jornais no mundo estão – mas a Playboy, assim como a Saraiva, foi extremamente elegante ao responder a carta onde, literalmente, o comentário é preconceituoso contra o homossexual. Amigo, o Bolsonaro não é uma referência, ok?
A Playboy poderia nem ter respondido, afinal, essa carta ou email chegou para a redação, mas fez bem ao mostrar que mesmo sendo uma revista masculina, defende a todos sem preconceito, até mesmo colocando um homossexual, de grande talento, por sinal, para expor suas ideias na revista.
Espero, finalmente, nesse momento presenciar uma tendência de Redes Sociais, uma nova forma de comunicar, de se expressar das marcas, não ofendendo ou baixando o nível de alguns, mas respondendo de forma inteligente, sendo sutis em suas respostas, como as que vi aqui, mas principalmente que essas marcas deem mais importância para quem realmente interessa, não apenas quem consome, mas quem deseja, quem fala com a marca, quem conversa, quem quer saber mais. Críticas, por favor, sempre bem vindas, mas as com inteligência e conteúdo. As acima, deixe esse pessoal falando “cás parede” como dizia a Nair Belo.

Já estão a venda os meus curso de PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DIGITAL e ESTRATÉGIAS DIGITAIS PARA E-COMMERCE. Mais de 2.000 alunos já fizeram o curso. Garanta já o seu!

Abraços, boas festas e um excelente 2015!!!

Felipe Morais
@plannerfelipe

Felipe Morais
Felipe Morais
Publicitário, apaixonado por planejamento digital. Começou a carreira, em 2001, atuando como redator publicitário, passando, em 2003 para a área de planejamento digital, onde atua até hoje, sendo reconhecido como um dos grandes nomes do mercado no Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *