Mercado online em franco crescimento

marca-dagua
Isabela Nardoni e Seqüestro de Eloá.
27 de outubro de 2008
marca-dagua
Nem a crise mundial derruba o Google
30 de outubro de 2008
marca-dagua
Amigos

A cada noticia que surge de crescimento no investimento dos anunciantes no mercado online, eu vibro, afinal, apaixonado por internet como eu sou, quero ver cada dia mais os anunciantes se interessando por esse veículo de extremo poder de comunicação.

Segundo o site IDGNow, só o mês de agosto teve um investimento de 65,8 milhões de reais na web. Esse investimento fez o meio crescer em 45% em verbas. É – sem dúvida nenhuma – um dos meios – ao lado do cinema – que mais crescem em investimentos no país. Maravilha!

O site publicou uma nota do projeto Inter-Meios do Grupo Meio e Mensagem que mede mensalmente quanto foi investido no Brasil em publicidade, levando em conta todas as mídias.
O investimento em publicidade na internet atingiu 65,8 milhões de reais durante agosto, aumento de 48% em relação ao mesmo mês de 2007, segundo dados divulgados pelo Projeto Inter-Meios. Com o aumento, a internet corresponde agora a 3,29% do mercado publicitário como um todo, que movimentou 2 bilhões de reais durante o mês.

A projeção para 2008 é que o Brasil fechasse o ano com um investimento próximo de 715 milhões de reais, porém, no acumulado do ano a internet já registra 449 milhões de receitas investidos em campanhas publicitárias, aumento de 45% em relação aos oito primeiros meses de 2007, entretanto, para que o Brasil chegue aos 715 milhões é bom que os veículos começem a correr.

Estamos praticamente em novembro, o que significa que quase todas as datas sazonais – onde se investe mais em mídia e principalmente na web – já se passaram, restando apenas o Natal.

Pelo levantamento do Intermeios, até agosto de 2008 foram investidos 449 milhões, o que em média dá 56,13 milhões de reais por mês; assim, se mantiver essa projeção o Brasil fechará 2008 com um investimento de 673,5 milhões, cerca de 41,5 milhões de reais a menos que a previsão.

Esse número é superior aos 580 milhões que o Brasil acumulou em 2007, já se observa um crescimento, mas como profissional de web, espero sempre que o Brasil cresca no online, aliás, não apenas no online, como no mobile, no bluetooth, na TV Digital, no marketing viral…

A única “falha” que vejo nesse número de 449 milhões é que sabe-se que 60% estão concentrados em Uol, Ig, Terra, MSN, Globo.com. Isso mostra que os mídias e os anunciantes ainda tem na cabeça o pensamento do offline, ou seja “As vendas cairam? Coloca 30 segundos no Jornal Nacional ou na Novela das 20h”; no online é “coloca um banner na home do UOL”… na web o pensamento deve ser diferente. As pessoas buscam conteúdos diferentes. Na TV ou assistem a novela ou não tem o que assistir.. na web, as pessoas podem entrar no Google e digitar: Judeus e conhecer a história do povo, quem são as principais pessoas, enfim, algo que na TV não passa, ou se passa é em um canal fechado e você tem que esperar o dia e a hora para assistir – e normalmente você esquece.

A mídia online tem que ser mais pulverizada!

“Quer participar da festa de lançamento do meu livro: PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DIGITAL, em Janeiro? Faça como muitas pessoas, mande um e-mail para felipemorais2309@gmail.com e se cadastre. Enviarei um convite com maior prazer”

Abraços
Felipe Morais

Felipe Morais
Felipe Morais
Publicitário, apaixonado por planejamento digital. Começou a carreira, em 2001, atuando como redator publicitário, passando, em 2003 para a área de planejamento digital, onde atua até hoje, sendo reconhecido como um dos grandes nomes do mercado no Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *