O perfil do profissional de planejamento – Braincast 171

Amigos.

Tive a oportunidade de ouvir o Braincast 171 onde o grande Ken Fujioka e Zé Pedro falaram sobre o perfil do profissional de planejamento no geral. Não com foco no on ou off, mas no perfil da pessoa que pensa a estratégia para as marcas dentro das agências, bem, na verdade, no final você verá que nem apenas em agências nós estamos…

O perfil do profissional de planejamento
Braincast 171 com Ken Fujioka (Lodduca) e Zé Pedro (F/Nazca)
·       A agência não muda porque quer. Muda porque precisa
·       Planejamento precisa ter opinião das coisas
·       O papel do planejamento é desenvolver pensamentos
·       Saber o que está acontecendo no mundo
·       Curar opiniões. Pensamento não nasce na cabeça do planejamento
o   Ele ouve, sintetiza e dá opinião sobre o assunto
·       Definição clara do problema a ser resolvido
o   A solução é a agência que dá, o planejamento levanta o problema
·       E se o produto não existisse mais, o que aconteceria com as pessoas? Essa é uma pergunta básica a ser feita pelos planejadores
·       O que traz insight ainda é falar com as pessoas
·       A internet é uma falsa ilusão de que você está em contato com o mundo
·       As vezes as coisas acontecem em micro regiões, mesmo que no YouTube ou Facebook. Há os nichos, sempre haverão nichos
·       Precisa sair da bolha da web ou da agência, precisa ir para a rua. Sair da sala de reunião, as coisas não acontecem apenas lá. Elas acontecem na rua
·       Ir para a rua é importante, mas com um propósito bem definido, mas nas agências ainda é difícil essa cultura
o   Está ficando muito fácil definir o perfil do público-alvo com análise nas Redes Sociais, mas a essência do planejamento é ouvir as pessoas e não tentar decifrar quem elas são por que curtem uma página
o   O planejamento tem que tirar a bunda da cadeira
o   Existem ferramentas de pesquisa mais sofisticadas
o   Netnografia não é perguntar. É observar
·       Planejamento não tem preconceito.
o   Ouvir mais
o   Entender a vida das pessoas
o   Entender o que acontece na cidade e o que muda a vida das pessoas
·       Bons planejadores tem uma visão. Pesquisam e mudam essa visão. Precisam viver o dia a dia ou não vão saber o que acontece lá fora
·       O único jeito de vivenciar é estar no meio
·       Clientes anseiam por um pensamento estratégico
o   Buscam o raciocínio da agência
o   Precisam saber qual é o problema
·       Planejamento entrega o abstrato
o   Conceito
o   Opinião
o   Caminhos
§  O grande problema é que nem sempre isso tem o valor merecido
·       O planejamento é troca de informações entre pessoas
o   Grandes ideias vem dessa troca
o   Empatia
o   Saber montar times internos
o   Não dita regras
o   Conversa, ouve, analisa e ajuda na ideia
·       Planejador é curioso por natureza
·       É preciso ter o interesse em se aprofundar mais
o   Se interessar por todos os assuntos
·       Dados quantitativos é matéria prima básica para o planejamento
·       Planejamento precisa saber questionar dados e fatos
·       Olhar bem crítico sobre o que está acontecendo
·       Mercado de agências hoje está fadado a morrer
o   Um grande anunciante mundial fez uma pesquisa com todos os seus departamentos de marketing no mundo, onde a pergunta era qual o fornecedor eles gostariam de ter ao seu lado. No Top10 não saiu nenhuma agência
·       Nunca se teve tanta oportunidade para o planejamento no Brasil. Há profissionais de planejamento em veículos, consultorias, anunciantes, fornecedores de tecnologia e varejo

·       Agências agenciam pessoas e talentos


Abraços
Felipe Morais
@plannerfelipe
facebook.com/plannerfelipe
some image

Nenhum comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *