O que era para ser a maior…acabou

marca-dagua
Um doce pelo seu pensamento…
13 de janeiro de 2009
marca-dagua
Dica da Semana
16 de janeiro de 2009
marca-dagua
Amigos.

Como todo o brasileiro – homem – eu sempre fui apaixonado por carros, futebol e claro mulheres. No futebol sou São Paulo Futebol Clube e nada mais (ok, confesso que também torço para qualquer time que jogue contra os gambás/travecos da Marginal…) a carros, além das paixões óbivas por Ferraris, Porsches, Lamborghinis eu também me contentava com a Chevrolet, Fiat, Volks, Ford… mas uma marca sempre me chamou a atenção por seus carros: Chrysler.

Eu que sempre fui um apaixonado por carros grandes, não podia deixar de sonhar com uma Cherokee. Outra grande paixão sempre foi a Dodge Ram, aliás, eu ainda comprarei uma 1995 reformarei e ficarei com ela apenas para passeios matinais… ao longo dos anos fui gostando do estilo simples do Neon, com o porte do Stratus e com a elegância do 300M; além de sentir o conforto da Caravan, a qual me levou para inúmeras festas, pois a mãe de uma grande amiga possuia uma. Agora a Town&Country foi lançada e é tão bonita e aconchegante quanto a Caravan.

Em 99 eu queria de qualquer jeito uma Dakota, mas o seguro e o alto consumo de gasolina me fizeram desistir da idéia… Pensei no Jeep Wangler, mas esse confesso achar um pouco estranho e preferir o “brazuca” Troller; então veio a PT Cruiser, meu sonho desde então ao lado do fabuloso 300C – papel de parede do desktop aqui do computador da empresa.

Me lembro que em meio essa paixão adolescente por carros – eu era um devorador de 4 Rodas – eu acompanhei a fusão da Mercedes-benz e Chrysler. Em 1999 surgia a: DaimlerChrysler
uma fusão que fez a General Motors, maior empresa do setor tremer na base. A concorrência viria forte. Pensei no design dos carros da Chrysler com o motor da Mercedes… nossa, seria incrível!

Mas o que era para ser uma ameaça a GM e as outras mega montadoras como Toyota, Ford, Volks, Renault se foi…

Segundo o site ITWEB: Pouco menos de um ano antes (2007), a Daimler e a Chrysler haviam divulgado a separação, ocasionando uma série de decisões que levaria ao chamado Dia X. A DaimlerChrysler Financial Services Americas foi dissolvida, e a Daimler AG criou a Daimler Financial Services Americas, que seria responsável por conduzir o empreendimento com rendimento avaliado em US$ 30 bilhões por ano, referente a financiamento de automóveis Mercedes-Benz, ônibus e caminhões comerciais da Daimler e, mais recentemente, o modelo híbrido denominado Smart Car, nos Estados Unidos, Canadá e México.

Uma pena que uma empresa assim tenha side desfeita.
Mas independentemente disso, ainda vou sonhar em um dia ter na garagem de casa um 300c, uma PT Cruiser e a minha Dodge Ram reformada.

“Quer participar da festa de lançamento do meu livro: PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DIGITAL, em Fevereiro? Faça como muitas pessoas, mande um e-mail para felipemorais2309@gmail.com e se cadastre. Enviarei um convite com maior prazer”

Abraços
Felipe Morais

Felipe Morais
Felipe Morais
Publicitário, apaixonado por planejamento digital. Começou a carreira, em 2001, atuando como redator publicitário, passando, em 2003 para a área de planejamento digital, onde atua até hoje, sendo reconhecido como um dos grandes nomes do mercado no Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *