Profissional digital. Estamos mesmo preparados?

marca-dagua
Digital Reboot – Uma aula de Planejamento Digital
20 de outubro de 2014
marca-dagua
Eclético. Esse é o novo consumidor?
1 de dezembro de 2014
marca-dagua
Amigos

Recentemente uma pesquisa da Agência Conversion foi tema até do Jornal Nacional. Em pleno ano de 2014, as faculdades de marketing, propaganda, publicidade e comunicação não falam de internet em suas grades, não preparam para o mercado digital, quem está inserido 24h por dia nesse mundo!!
Os alunos saem dos cursos não sabendo nada sobre negócios digitais, mas por mexer o dia todo, sabem tudo de Facebook, Twitter, Blog, Vlog, games online… sabem comprar nos grandes varejistas, usam o Google para pesquisa de escola e compras, sabem até vender produtos pelo Mercado Livre e ganhar um extra a mesada, mas efetivamente, não saem da faculdade sabendo que aquele mundo online é o futuro (ou presente) do varejo e que muito provavelmente, a sua vida profissional dependerá (muito ou pouco) daquele canal e que o Facebook não é apenas para postar a foto do churrasco do final de semana ou pesquisar a vida daquela garota que está afim. É muito mais do que isso.
Não é a toa que vira e mexe matérias sobre “falta de mão de obra no mercado digital” explodem em diversos sites, como o Portal Exame, que recentemente publicou uma matéria com o Wilson Lima, diretor de RH da Dafiti, um dos maiores varejistas online do Brasil e por isso, um dos que mais empregam. Para Lima, o profissional precisa conhecer mais de e-commerce do que de varejo para estar no time da Dafiti, uma vez que o profissional que conhece os 2 é quase impossível de encontrar.
O que tem se visto muito hoje são empresas tirando funcionários de outras empresas, as vezes a peso de ouro, mas há acordos entre diretores para evitar isso, manter a cordialidade em um mercado, e-commerce, que só cresce e ainda é novo no Brasil, afinal, estamos falando efetivamente de 10 anos de varejo online, sendo uma explosão mais para 2007. Isso faz com que haja poucos profissionais experientes. Quando você dize ter 5 anos de e-commerce, seu CV fica altamente valorizado, pois você vive quase que metade da vida do e-commerce no país.
A falta de profissionais no mercado digital é algo mais do que claro. Quem contrata, acaba, muitas vezes pedindo indicação dos próprios funcionários, na Dafiti, Lima faz isso, mas essa é uma prática comum no mercado, até apelidada de QI – Quem Indica. Achei interessante a Dafiti premiar o funcionário que indicar uma pessoa para o cargo, entretanto, é certamente preocupante, pois o que vemos é o mercado crescer muito rápido, mais e mais empresas querendo entrar na Internet e faltar os que fazem a diferença, os que pensam em negócios e não apenas em posts no Facebook.

A dica que fica nesse artigo é: estude! Se você faz um curso de curta duração ou um MBA/Pós no mercado digital, não ache que o professor vai levar tudo. Estude, se prepare, pois se preparar para uma aula é se preparar para o mercado. Veja o que vai além do básico, questione em sala de aula e seu chefe. Faça a diferença e as portas se abrem para você.

Já está a venda os meus cursos de:
PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DIGITAL

Mais de 2 mil cursos vendidos!!!
Abraços
Felipe Morais
@plannerfelipe
Felipe Morais
Felipe Morais
Publicitário, apaixonado por planejamento digital. Começou a carreira, em 2001, atuando como redator publicitário, passando, em 2003 para a área de planejamento digital, onde atua até hoje, sendo reconhecido como um dos grandes nomes do mercado no Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *