Publicidade online bate recorde

marca-dagua
6 dicas de como planejar
4 de fevereiro de 2010
marca-dagua
O planejamento agregando valor a marca
9 de fevereiro de 2010
marca-dagua
Amigos.

Eu estava me preparando para escrever um post aqui no blog, sobre um outro assunto que vou abordar amanhã, quando recebi via newsletter do Adnews uma notícia fantástica (em tempo, ASSINEM essa newsletter, pois é sem dúvida uma das melhores do mercado), a publicidade online no Brasil bateu recorde!

Analisando bem a informação, a notícia não é tão sensacional assim, pois estamos acompanhando a evolução desde 2006, quando foram investidos cerca de 350 milhões de reais em banners e pop-ups.

A expectativa para 2009 era que o valor passe 1 bilhão de reais, mas segundo a matéria o IAB Brasil (Interactive Advertising Bureau) apurou que o valor não chegou a 1 bilhão, mas sim a 940 milhões, um belo aumento se compararmos aos 750 milhões gastos em 2008, algo em torno de 20% de crescimento. Não chega nem perto do que foi investido em TV, mas estamos a passos lentos chegando lá.

Não gosto muito de analisar o que acontece fora do país, pois a minha realidade é a brasileira e não a americana ou européia… vivo em São Paulo e não em Londres ou Nova Iorque (apesar de ter esse sonho), mas se me permitem comparar, desde 2008 a publicidade online na Inglaterra passou os investimentos em TV e nos EUA representam cerca de 30% do bolo publiciário; no Brasil, o investimento representa 4,2%… muito aquém dos EUA e do potencial que tem no Brasil.

É incrivel, mas as marcas ainda não entenderam que o brasileiro é o povo mais apaixonado por internet no mundo! Somos quase 69 milhões de usuários, população maior que muitos países, onde o a classe C, que hoje representa cerca de 95 milhões de pessoas no país é que mais cresce. Recentemente fiz uma pesquisa em Lan Houses com essa classe e posso afirmar que ir no UOL é uma das últimas coisas que eles fazem… mas Orkut, MSN, Twitter e acesso a web pelo celular estão entre as primeiras! Essas informações para um bom profissional de planejamento estratégico digital são ouro puro, somos capazes de transformar as marcas na web e falar com os públicos de forma mais interativa, com relacionamento. Pena que nem todas as marcas pensam nisso… e nem vou mais citar a Tecnisa, porque está ficando redundante.

O que me deixa um pouco preocupado é saber que grande parte desses investimentos foram para banner na home de portal, não que isso não seja necessário, é, assim como o comercial na novela das 20h da Globo, mas internet é muito mais do que isso.

Em alguns casos, colocar uma verba em um site vertical gera mais resultados efetivos (conversão) do que em home de portal, mas ai teremos a velha discussão de que home de portal é bom para agência porque o BV é maior, é bom para o cliente que vê sua marca em uma home do UOL, que é sem dúvida um dos veículos online mais importantes do país (e arrisco dizer da América do Sul) e claro que gera um bom número de clicks, que ainda é a métrica que domina o mercado por falta de conhecimento dos gestores de marca que conhecem tudo e mais um pouco do mundo tradicional e pouco do online, mas clicks nem sempre geram vendas e vendas nem sempre são geradas por clicks… é preciso compreender isso.

Mas voltando ao tema de post, que foi sim uma notícia boa para nos, publicitários interativos, segundo o Adnews: “se comparados os faturamentos dos meios de comunicação entre novembro de 2008, no auge da crise mundial, e novembro de 2009, os dados indicam que o maior salto foi dado pela internet, que cresceu 37,19%. Os jornais expandiram em 1,8% seu faturamento, e as revistas, em 4,99%”. Ou seja, os investimentos em web estão crescendo, as marcas estão se preocupando com esse meio, mas como disse acima, ainda muito focado em banner em grandes portais. É preciso mudar esse conceito e arriscar mais!

Uma pausa para filosofar, mas recentemente li o livro “Fazer Acontecer”, do mestre Julio Ribeiro (Fundador e presidente de uma das maiores e mais respeitadas agências do país, a Talent) . Ribeiro diz que “fecham-se mais empresas por medo de ousar do que as que tem coragem de ousar”… internet é preciso ousadia!

Em resumo… investimento em mídia online de 940 milhões é uma excelente notícia, não nova pois as previsões eram de 1 bilhão, não chegamos, mas chegamos perto – lembrando que esse valor não contempla Links Patrocinados; entretanto tenho a certeza de que em 2010 passamos os 1 bilhão… posso até estimar algo em torno de 1,2 bilhção de reais… infelizmente ainda com grande parte em grandes portais, mas com a certeza de que dias melhores virão para a Internet.

Já está a venda o meu livro PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DIGITAL (Ed. Brasport). Adquira já o seu!!!

Participe da 1a rede para Planners Digitais

Abraços
Felipe Morais
@plannerfelipe

Felipe Morais
Felipe Morais
Publicitário, apaixonado por planejamento digital. Começou a carreira, em 2001, atuando como redator publicitário, passando, em 2003 para a área de planejamento digital, onde atua até hoje, sendo reconhecido como um dos grandes nomes do mercado no Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *