São 50 milhões de computadores vendidos no Brasil

marca-dagua
Dica da semana
16 de maio de 2008
marca-dagua
Agências crescem 8,6% globalmente graças à mídia digital
20 de maio de 2008
marca-dagua

Amigos.
Recentemente a FGV divulgou uma pesquisa sobre o número de computadores comprados no Brasil. Cerca de 50 milhões.
Para uma população com 184 milhões (aproximadamente), cerca de 27% da população possui um computador. Assim, estamos caminhando a passos largos para o crescimento e consolidação total da Internet no Brasil.

País vê taxa de crescimento de vendas de PC cair, mas deverá vender 13,44 milhões de PCs em 2008, segundo Fundação Getúlio Vargas.
O Brasil atingiu a marca de 50 milhões de computadores no ambiente doméstico e corporativo em maio de 2008, segundo estudo da Fundação Getúlio Vargas, divulgado nesta quinta-feira (08/05). O estudo prevê que, durante 2008, sejam vendidos 13,44 milhões de máquinas no país, aumento de 28% em comparação aos 10,5 milhões de PCs comercializados no país durante 2007.
Mesmo quebrando a barreira dos 50 milhões de micros, o índice de crescimento sofrerá uma queda em relação ao aumento de 42% na comparação entre as vendas de 2006 e 2007.
Em junho do ano passado, o Brasil tinha uma base instalada de 40 milhões de computadores, de acordo com o mesmo estudo.
A FGV prevê ainda que, caso o Brasil mantenha o ritmo de crescimento da sua base instalada de computadores, o país romperá a marca de 100 milhões de máquinas entre os anos de 2011 e 2012. “Para isso é preciso que o dólar se mantenha estável, que os benefícios fiscais não mudem e que as condições de financiamento sejam mantidas”, aponta o professor Fernando S. Meirelles, responsável pelo estudo.
Com a atual base instalada, o País já apresenta uma média de 26 computadores para cada 100 habitantes – acima da média global que é de 21 PCs para cada centena de pessoas.
Entre os softwares instalados, a Microsoft mantém sua dominação, com penetração de mais de 92% do pacote de produtividade Office, 97% do sistema operacional Windows e 92% do browser Internet Explorer nas empresas.
A pesquisa ainda aponta que o investimento médio das empresas nacionais em TI chegou a 5,7% da receita líquida, com custo médio por teclado subindo para 10,3 mil dólares.

Abraços
Felipe Morais

Felipe Morais
Felipe Morais
Publicitário, apaixonado por planejamento digital. Começou a carreira, em 2001, atuando como redator publicitário, passando, em 2003 para a área de planejamento digital, onde atua até hoje, sendo reconhecido como um dos grandes nomes do mercado no Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *