Top Planejamento 2013

marca-dagua
Planejamento é acertar em cheio no target
12 de fevereiro de 2013
marca-dagua
Regras para as Redes Sociais
5 de março de 2013
marca-dagua
Amigos.

Nos dias 19 e 20 de Fevereiro (2013) estive no evento Top de Planejamento, um evento feito pela Faculdade ESPM em parceria com a PS Carneiro, sendo esse evento, um dos mais importantes do mercado de planejamento do país. 

A ideia é que, os palestrantes, passem não apenas cases, mas reflexões, pensamentos e ideias que abram as mentes do público. E confesso tem dado certo.

Fernand Alphen (JWT), Luiz Buono (Fabrica) – a quem tive o prazer de conhecer – Ana Paula Cortat (Africa), Renata Serafim e Ana Paula Lombardi (ambas da Talent) estiveram no evento, além de outros nomes importantes de grandes agências.

Alguns pontos que “pesquei” dentre tantos insights que estou aqui passando para vocês agora:

– Click é comportamento! Não devemos acreditar que click é page view, isso morreu! Click é quando a pessoa interage, ou pelo menos começa, uma interação com a sua marca via qualquer plataforma digital.

– Marcas, cada vez mais, tem que ser relevantes. Devemos colocar mais ousadia nas campanhas. Pessoas não querem marcas “bonitinhas” querem marcas com atitude.

– Pesquisas não dão as respostas. Elas expandem o conhecimento do planner. Elas não validam ideias, elas ajudam a dar um direcionamento. A ideia pode ser boa ou ruim, só depende de como será apresentada

– Digital é interação. Número de seguidores ou page views são números. Nada adianta 5 milhões de fãs no Facebook se isso não representa aumento de vendas!! 

– Para Luiz Buono, o planejamento digital passa por algumas etapas antes de colocar as informações no PPT:
   1. Marcas tem que ter um propósito
   2. Qual a alavanca que a marca tem com o consumidor? Qual o elemento da ativação?
   3. O que move as pessoas a favor da marca? Qual a atitude?
   4. Projetos digitais tem que ter mais conteúdo e entretenimento. 
   5. As pessoas precisam querer interagir e se divertir
   6. Precisamos entender o ciclo de vida de produtos e campanhas
   7. A integração da comunicação não se dá apenas entre as redes e sim entre as táticas. O Facebook deve conversar com o Mobile, Game, Brand Content, QR Code…
   8. Para onde a marca vai? O que vamos falar e fazer?

– Storytelling todo mundo gosta e quer fazer. O próprio plano de comunicação é uma storytelling, pois planners contam histórias!!!

– A forma como o planner é interfere na forma como ele monta o planejamento. Por isso, que eu – Felipe – sempre digo que planejamento não tem fórmula pronta ou se ensina. Se dá o caminho! A forma como cada planner é, vai influenciar na forma que ele vai montar o seu planejamento.

– Hoje, diversos sites estão se transformando em media house. RedBull, por exemplo, vende mais do que uma bebida e seu site está se tornando uma plataforma digital com vídeos, fotos, imagens, sons… menos produto,  mais entretenimento, diversão e conteúdo exclusivo

– Planejamento é mais do que trabalho no PPT. É ouvir histórias. Para se contar boas histórias é preciso saber de histórias melhores ainda. Só emocionamos pessoas, quando sabemos suas histórias e como cada um é

– Planejamento precisa de referência. Não se planeja sem ter referências e sem conversar com todas as áreas da agência. Troque informações, pesquise, leia, converse, vá a parques, vá ao ponto de venda, assista cinema, teatro, vá a museu, viaje. Viva!!!

– Planejamento é movido a sonho, emoção, sentimento. Planejamento é movido a vida!

– O papel aceita tudo. O planejamento dá sentido ao “tudo”

– Marcas precisam mais do que posicionamento. Precisam de vida, atitude, conversas, pessoas envolvidas

– Planejamento se questiona diariamente se esse é o caminho. E se não for, qual será?

Luiz Buono fechando brilhantemente a sua palestra com uma grande verdade do planner!

Já está a venda o meu curso de Planejamento Estratégico Digital em parceria com o portal iMasters. São mais de 1.000 cursos vendidos com alunos amplamente satisfeitos. Quer ver como colocar essas teorias em prática? Acesse aqui e adquira o seu curso agora mesmo


Abraços
Felipe Morais
@plannerfelipe
Felipe Morais
Felipe Morais
Publicitário, apaixonado por planejamento digital. Começou a carreira, em 2001, atuando como redator publicitário, passando, em 2003 para a área de planejamento digital, onde atua até hoje, sendo reconhecido como um dos grandes nomes do mercado no Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *