Comando de voz no cotidiano

Boticario-transformara-revendedores-em-influenciadores
Boticário transformará revendedores em influenciadores
16 de abril de 2021
como-fazer-rebranding
Como fazer rebranding
22 de abril de 2021
os-impactos-do-comando-de-voz-na-era-da-experiencia

Comando de voz no cotidiano, está se tornando uma grande realidade. O uso de voz está se tornando cada vez mais comum entre os consumidores. Uma pesquisa da Ilumeo, publicada pelo Portal Consumidor Moderno, mostrou que o uso de dispositivos com comandos de voz aumentou 47% durante a pandemia. Com a opção presente em smartphones, conversar com sistemas já se tornou algo comum para a maioria dos brasileiros.

Diante dessa realidade, a importância de desenvolver mecanismos de voice experience se torna ainda maior para as empresas. Afinal, o ponto deve se tornar essencial para a experiência completa do cliente. Não à toa, apesar de tecnologias estarem sendo desenvolvida já há algum tempo, os investimentos em experiência de voz podem significar uma interação cada vez mais natural.

No evento CVX de 2020, Fernando Lemos, CTO da Microsoft, explicou como as tecnologias estão evoluindo nesse sentido. “Já usamos sistemas neurais para gerar voz. Com isso, o resultado se torna imperceptível para os humanos identificarem se é um computador ou uma voz falando”, afirmou.

A experiência é o novo marketing

Quem já teve aula de planejamento digital comigo sabe que eu uso um slide do Steve Cannon, President and CEO of Mercedes-Benz USA (MBUSA), com uma frase sua em Detroit em que ele disse “a experiência é o novo marketing” e ele estava mais do que certo. Cada vez mais as pessoas estão buscando experiências e o digital é o mundo perfeito para isso.

Estamos vivendo isso diariamente. Supermercados com caixas automáticos, sem a necessidade de interação humana, pedágios sem fila, bilhete que não precisa de um cobrador, serviços de streaming que estão derrubando a hegemonia da TV a cabo, carros autônomos e casas automatizadas com aparelhos como Alexa ou Google Home, que aliás, tem tudo a ver com esse artigo.

O assistente de voz do Google, por exemplo, nasceu para gerenciar dispositivos inteligentes para casa, incluindo aparelhos da própria empresa, como o Chromecast e o Google Nest Mini. Através dele, é possível vincular uma série de aparelhos para Smart Home, ou casa conectada, e a partir disso utilizar o Google Assistente para realizar comandos e controles com a voz. Em breve, termos a tecnologia 5G no Brasil e tudo fará muito mais sentido, afinal, o 5G não chega para ser uma velocidade mais rápida que o 4G, assim como o 4G foi versus ao 3G. O 5G tem um potencial enorme, onde a Internet das Coisas e Inteligência Artificial ganham muita força, e voltamos, aqui a falar de experiência por voz, em que esse será um elemento fundamental para ativar a tudo, a qualquer momento.

Comando de voz no cotidiano

Talvez, você esteja lendo esse artigo e imaginando uma enorme viagem minha, mas posso afirmar que no universo da Transformação Digital, tecnologias de voz ganharão ainda mais força, com um objetivo de acionar equipamentos. “Ok Google” para cá, “Alexa, por favor” para lá. A Siri, disponível nos aparelhos iPhone não chegou a ser o assistente que imaginávamos, mas será, em breve conhecida como a mãe das tecnologias de voz, o que será, em breve um recurso que voltará a ser usado pelas pessoas.

Mas é importante dizer que aqueles que estão com seus aparelhos de comando de voz em casa, tem gostado da experiência. “As pessoas amam o comando de voz porque são sistemas que garantem praticidade no seu dia a dia, o que vai de encontro à expectativa por inovações que tornarão a sua vida mais fácil, melhor e com interações mais ricas”, aponta Ivan de Souza, Editor-chefe internacional da Rock Content

O que as pessoas esperam das marcas é a inovação constante. Imagine se a Netflix não inovar em séries e formatos o que vai ocorrer em breve? Há alguns teóricos que já afirmam que o reinado da empresa está com os dias contados, pois ela montou um segmento em que empresas muito poderosas tinham medo de entrar, mas agora, tem mais conteúdo e dinheiro para tal.

A tecnologia avança em ritmo acelerado, e isso faz com que os produtos se tornam muito mais intuitivos, fáceis de usar e agreguem diversas funcionalidades no dia a dia dos seus usuários. Com o comando de voz, isso não é diferente — embora ainda haja muitos pontos para evoluir, as pessoas já estão bem íntimas desse recurso e provavelmente vão responder de forma positiva ao que ainda está por vir.

Felipe Morais
Felipe Morais
Publicitário, apaixonado por planejamento digital. Começou a carreira, em 2001, atuando como redator publicitário, passando, em 2003 para a área de planejamento digital, onde atua até hoje, sendo reconhecido como um dos grandes nomes do mercado no Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *