Conheça seu consumidor

informacao-nao-e-conhecimento
Informação não é conhecimento
28 de maio de 2021
dados-e- marketing-devem-estar mais-proximos-do-que-nunca
Dados e Marketing devem estar mais próximos do que nunca
15 de junho de 2021
Conheça seu consumidor

Conheça seu consumidor é uma estratégia fundamental para qualquer profissional de marketing, entretanto nem sempre eles pensam nisso. Aqui nesse artigo vou vai ver como inverter a ordem de como é feito hoje para ser mais assertivo.

É impressionante como, cada dia mais, os profissionais de marketing sabem sobre influenciadores, Facebook, Reels do Instagram e até tem presença no Clubhouse, mas não tem a menor ideia de quem é o público, o que eu avalio ser o mais importante de tudo.Não é de hoje, que quando vou fazer imersões em clientes/anunciantes, eles não tem a menor noção de quem é o público. Quando se questiona, perguntando 3 ou 4 pontos, eles se resumem a responder “não sei”. Planejamento tem se tornado fundamental, ainda mais para responder com exatidão essa questão.Conheça seu consumidor! E faça isso todos os dias!

O marketing é o guardião da marca, e para saber como vender é preciso saber para quem e como. Isso é um princípio básico do marketing, deixado de lado, pois está no livro daquele “velho ultrapassado” do Kotler, né? (Frase carregada de ironia, pelo amor de Deus!!!!) Pois é, aquele livro grande, que os professores mandaram ler na faculdade não serve para nada, pois ele não fala sobre o post do Facebook, afinal, no “marketing moderno” é tudo o que importa: o Reels da influenciadora…

Bons vendedores conhecem a fundo o cliente

Uma das melhores palestras que vi na vida, foi em um dos eventos do Fórum do Ecommerce Brasil, com o Ricardo Nunes, fundador da Ricardo Eletro. Sem Power Point, sem vídeos e sem uma porrada de gráfico que nem sabemos se são reais, ele contou a história dele, de um humilde vendedor a dono de uma das mais importantes marcas do varejo brasileiro. Esse sabe bem a importância de colocar a filosofia de conheça seu consumidor no seu marketing.

A palestra foi simples, 1h aproximadamente, mas que ele deu uma aula de marketing que muitos gestores de marca nem sonham entender, ele disse da importancia de conhecer a fundo as pessoas e não mais do que isso.

A Ricardo Eletro vende produto commodity, que é vendido em milhares de lojas online e físicas pelo Brasil, mas o atendimento era diferenciado na loja dele, afinal, segundo ele, “vendedor bom conhece a vida do cliente em 2 minutos” e era o que ele fazia no dia a dia na sua loja. Conhecia pessoas, ou seja, é na prática vendo a filosofia de conheça seu consumidor na prática e não no discurso.

Plataforma é o último a se pensar

A marca precisa criar uma campanha. Impressionante como as pessoas pensam primeiro na plataforma, para depois pensar na mensagem e por fim no público. Não!!! Ordem totalmente errada. Simon Sinek, desvendou o Golden Circle, enxergando o que o mercado fazia e invertendo a ordem, como a Apple o fez. Vamos inverter a ordem, como Kotler prega há décadas, não vamos reinventar a roda ou criar um novo Golden Circle, vamos apenas seguir o fluxo natural das coisas.

Exija da sua agencia pesquisa de comportamento antes de pensar em canais. Simples assim. O canal todos sabem quais são e porque usar, mas o seu público é único e ele tem um comportamento único com a sua marca, que não é o mesmo com a marca líder ou seu concorrente, aliás, que fique claro, se você quer apenas imitar a concorrência, você precisa voltar para o primeiro ano da faculdade de marketing, ou pelo menos, reler o livro do Kotler, aquele que hoje tem a capa preta e mais de 700 páginas! Muito mais efetivo que pagar algumas dezenas de reais em fórmulas de sucesso prontas que só geram dinheiro para quem as vende, quando deveria ser boa para quem compra.

Imitar não é ser relevante

Você acha que o Danilo Gentili seria um dos maiores comediantes do país, fazendo seu programa superar a poderosa Globo, com Pedro Bial, se ele imitasse o Jô Soares. Fábio Porchat imitou e seu programa na Record não era páreo para seu amigo Gentilli, tanto que um está no ar com enorme sucesso. O outro acabou. Acha que a Netflix seria o que é, se imitasse a Blockbuster? Poderia dar uma dezena de exemplos, mas você entendeu a mensagem.

Para não imitar, pesquise, estude, busque o que o mercado quer e a concorrência não oferece, e nos canais, você não vai se diferenciar, pois todo mundo faz Redes Sociais, Google, Landing Page, Inbound, influenciador, e-book e e-mail marketing. Se diferenciar, procurando por ai, está totalmente errado. Precisa buscar onde realmente se faz a diferença: coração das pessoas.

conheça seu consumidor

Conheça seu consumidor

Não é um tema de aula de marketing. É fundamental, é o que precisa ser feito, para depois, entender qual a mensagem vai conquistar o coração dele, frase batida, mas é a mais real de todas, e repito ela aqui para reforçar em sua mente. O planejamento tem que provocar mais os clientes/anunciantes para entender mais a fundo, para que eles tenham na mente que conhecer seu consumidor é fundamental.

Parece romântico demais? Que bom, pois a publicidade é romântica, ela conquista, ela apaixona, por mais tecnológica que o marketing esteja se tornando, ele ainda precisa de uma mensagem que apaixone e isso, ainda é algo que os redatores fazem, porém, no “marketing moderno”se reduziu o trabalho do redator para criador de post em data comemorativa para agradar o ego do diretor de marketing. Pessoas mudam! Mundo muda! E a sua comunicação?

Pesquise online, presencial, por telefone, onde quiser, mas conheça mais seu consumidor e menos de plataforma, pois elas são apenas o elo entre marcas e pessoas, mas sem uma mensagem poderosa, será apenas um canal para “posts fofinhos” que não geram nada! Conheça seu consumidor antes de qualquer coisa!

Felipe Morais
Felipe Morais
Publicitário, apaixonado por planejamento digital. Começou a carreira, em 2001, atuando como redator publicitário, passando, em 2003 para a área de planejamento digital, onde atua até hoje, sendo reconhecido como um dos grandes nomes do mercado no Brasil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *