Dados e Marketing devem estar mais próximos do que nunca

Conheça seu consumidor
Conheça seu consumidor
8 de junho de 2021
Planejamento para pequenas e médias empresas
14 de julho de 2021
dados-e- marketing-devem-estar mais-proximos-do-que-nunca

Dados e Marketing devem estar mais próximos do que nunca. Como profissional de planejamento, estou cada dia mais inserido nesse universo de dados para ajudar meus clientes a tomar decisões, sim, porque planejamento não toma decisão, damos o caminho para isso. Desde que a Internet chegou ao estágio do 2.0, com o surgimento do finado Orkut, que sabemos que as pessoas deixam rastros na web.

Agora, com ferramentas de machine learning e BigData temos como localizar esses dados e, dependendo do consentimento das pessoas, até usá-los para criar comunicações mais assertivas de acordo com o seu comportamento digital, de acordo com as preferências. O exemplo “mostrar a camisa do São Paulo para quem antes de entrar na loja virtual passou por um blog do time e por uma matéria do time em algum portal” está cada dia mais claro e fácil de realizar, basta saber como interpretar dados, por isso, dados e marketing devem estar mais próximos do que nunca.

A LGPD, que fique claro, está vindo com tudo em Agosto e empresas serão multadas no caso do uso de dados de forma errada. Acredito que agora um banco pare de ligar no meu celular, perguntando da minha mãe, que tinha o meu celular cadastrado em uma seguradora, devido ao seguro de um carro da minha família, fica esse pequeno recado, pois com certeza, depois de Agosto, se esse banco ligar novamente a multa será pesada, já que ninguém da minha família nunca teve nenhuma relação com qualquer produto desse banco.

Dados e Marketing devem estar mais próximos do que nunca tenha isso em mente. Sempre!

Planejamento é 70% execução

Desde que comecei a dar aula, em 2008, eu falo isso, até porque eu vivo isso diariamente desde 2003, quando migrei da redação publicitária para o planejamento, no 4o ano da faculdade e no ano seguinte, 2004, entrando em uma pós graduação em planejamento. Estamos em 2021 e isso não mudou.

Mensurar dados é fundamental. Gosto de um ponto que o Blog da MLabs aborda “dados são de enorme importância para saber se o planejamento está funcionando, o que pode ser otimizado ou se existe previsibilidade sobre as próximas ações. Além disso, eles também indicam o que pode estar dando errado e quais pontos necessitam de melhoria”. Esse ponto reforça outra frase que falo nas aulas, seu planejamento vai mudar, e muito, desde o que você fez, pois dados e métricas é que dão o caminho das marcas. Não a sua ideia brilhante ou a campanha “fofinha” que os social media criaram para o “Insta”. Marketing digital é muito mais do que isso.

Marketing

Data-Driven é para ser usado

Quem me acompanha sabe que eu detesto termos em inglês, mas alguns, são nomes, temos que usar, entretanto driven não é “draivar a criação”, nada pior do que o publicitário da Vila Olimpia querendo “aportuguesar” um termo em inglês, deixando seu repertório como do Joel Santana.

Coletar dados é um papel do anunciante. Com as novas leis de privacidade, será de responsabilidade do anunciante esse papel. Esses dados precisam ser coletados de uma forma clara e que o cliente esteja consciente do que a empresa fará com eles. Esse dados vem de vários lugares, por exemplo feedbacks de produtos, Redes Sociais, e-mail marketing e até mesmo de relatório de call center, entre outros, claro.

Conteúdo é baseado em dados

Não se cria conteúdo de marca, baseado em achismo, mas sim em dados. Por exemplo, no Google Analytics, quais as palavras que mais geram tráfego para o site? No Facebook, o que as pessoas mais comentam? No Google Trends, quais são as palavras com maior tendência de busca? E no Ads, quais as mais relevantes para o negócio? Só nessas ferramentas, já há muitos pontos a serem estudados. Isso ainda pode ser potencializado com outros dados que a empresa tenha, entretanto, focando na LGPD, reforço, dados da própria empresa e não dados de terceiros.

Não esqueça, dados e Marketing devem estar mais próximos do que nunca para uma comunicação muito mais assertiva.

Dados e Marketing devem estar mais próximos do que nunca

Você sabe se os dados de terceiros, que você captou, comprou ou mesmo está usando são dados coletados com consentimento? Sabe se esses dados não são vazados, como dei o exemplo acima do bando e seguradora? É preciso ter todo o cuidado, pois a LGPD vem com tudo, ainda mais em ano eleitoral, onde multa é sempre uma fonte de receita interessante.

Segundo a Rock Content “ao estudar esses conjuntos de dados, você revelará segmentos de consumidores que demonstram preferências, comportamentos e inclinações semelhantes. Os dados ajudam as empresas a refinar suas mensagens de marketing para incluir ofertas que se alinham estreitamente ao segmento de mercado onde seus clientes ideais podem ser encontrados”. Ou seja, use e abuse dos dados, mas desde que eles sejam seus, dados e marketing devem estar mais próximos do que nunca, oriente seu time para isso.

Felipe Morais
Felipe Morais
Publicitário, apaixonado por planejamento digital. Começou a carreira, em 2001, atuando como redator publicitário, passando, em 2003 para a área de planejamento digital, onde atua até hoje, sendo reconhecido como um dos grandes nomes do mercado no Brasil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *